Pague em até 3x sem juros nas compras acima de R$ 160,00 pelo PayPal

White Regalia

Postado por em

Ganhar a principal competição mundial de mágica, na categoria de cartomagia, em 2015 foi apenas um dos vários prêmios que o mágico Shin Lim recebeu. Com estilo bem próprio, marcante e característico, esse mágico nascido no Canadá, de origem oriental, e que vive atualmente nos Estados Unidos é, sem dúvida, um apaixonado por baralhos, indo além de utilizá-los como principal objeto de seus efeitos mágicos.

Já em 2013 lançou no mercado competitivo de novos baralhos seu primeiro produto: WRATH, produzido pela USPC, com desenho de James Howells. Mas, não parou por aí. Após sua vitória no FISM seu novo baralho (SL Cards) foi colocado no mercado. Como no primeiro produto teve uma intensa demanda, e hoje é encontrado em poucos locais. O WRATH está esgotado em sua edição original, e só encontrado em sites de colecionadores, como o eBay, por valores bem acima de seu lançamento. Sem dúvida um bom investimento!

Em 2017 ele lança a primeira versão do seu novo modelo: REGALIA. Nesta versão, encontra-se um elegante baralho, com cor base preta e detalhes dourados, com luxuoso desenho de Nick Vlow. Sucesso absoluto! Tanto que a edição se esgotou rapidamente.

Mantendo a técnica de fabricar edições de luxo e limitadas é lançado agora, em meados de 2018 o REGALIA WHITE. Segue as mesmas características básicas do modelo anterior, mas agora com um elegante acabamento predominantemente em branco, sempre usando o dourado como cor (e material) decorativo. O desenho segue sendo de Nick Vlow.

Vamos conhecê-lo um pouco melhor.

MARCA E CARACTERÍSTICAS GERAIS

REGALIA já remete a algo nobre! Bem escolhida, apresentando pronúncias semelhantes em várias línguas.

Segundo o editor o desenho é de tema russo (águias ou fênix de duas cabeças) procurando temas encontrados no museu Hermitage, em São Peterburgo. Os detalhes em dourado, são, não há dúvida, de muito bom gosto, dando ao conjunto o ar nobre desejado.

A descrição original do baralho indica sua fabricação na Bélgica, por Cartamundi usando 'crushed linen paper'.Embora essas designações de tipos de papel e acabamento superficial tenham mais uma conotação comercial que técnica, a descrição remete a algum tipo de cartão 'espremido' ou 'comprimido', utilizado como material base para o baralho. Medindo, no entanto, a espessura das cartas verifica-se uma média de 0,30 mm. Um baralho Bicycle Standard apresenta média de 0,29 mm. Esta mínima diferença mostra que, na verdade, o baralho REGALIA, é ligeiramente mais espesso que um Bicycle Standard. Isso, evidentemente, não é um problema maior para quem usa o baralho, mas deixa claro que devemos nos preocupar menos com certas designações técnicas 'exotéricas' associadas a características de baralhos. Temos, sim, que tirar o baralho do estojo, usá-lo certo tempo e só aí avaliarmos sua real qualidade.

 De qualquer forma a qualidade do cartão é de primeira linha, com flexão, elasticidade e resiliência muito boas. Para quem não sabe, resiliência é a propriedade que tem as cartas de voltar rapidamente à sua condição original quando fletidas, sem apresentar defeitos ou deformações permanentes. Requisito importante quando estamos falando de baralhos para mágicas.

COMPOSIÇÃO E ARRANJO ORIGINAL DAS CARTAS

Baralho com 56 cartas, sendo as 52 normais, dois curingas, uma carta com frente branca e uma dama de espadas extra. Pela descrição de Shin Lim esta é sua carta favorita, tatuada em seu peito, para eventuais revelações.

Figuras seguem padrão utilizado pela USPC em seus produtos, mas com colorações diferentes, substituindo as cores originais por dourado, um vermelho mais tênue, com traços mais sutis, dando uma aparência mais elegante ao conjunto.

Em um baralho novo as cartas não seguem a sequência normal, separadas por naipes e em ordem numérica, mas estão ordenadas em uma sequência criada por Shin Lim, cujos detalhes ainda estão pouco divulgados atualmente. Ele informa, em um de seus vídeos, que seu sistema posiciona os quatro ases em locais que facilitam a execução de números usando estas cartas. De fato, encontramos três ases na boca do baralho, enquanto o ás de espadas é a carta de cima (top), após a dama de espadas, da carta branca e dos curingas.

ESTOJO

Segue a cor e a decoração elegante do baralho. É usada uma forma especial em que o baralho é acomodado em uma caixa tipo gaveta que é colocada em uma luva exterior. Diz o editor que este sistema conserva melhor as cartas, apresentando dupla proteção. Uma lingueta de pano ajuda a retirada da caixa tipo gaveta da luva exterior, emprestando um detalhe elegante (e útil) ao estojo.

Não há dúvida da efetividade desta solução no aspecto de proteção das cartas. No entanto, sob o ponto de vista prático, a colocação das cartas na primeira caixa tipo gaveta - na qual devem ser inseridas longitudinalmente - requer mais tempo e cuidados que no sistema tradicional, no qual as cartas são colocadas pela sua dimensão menor, transversalmente. Um detalhe pequeno, mas que afeta a eventual utilização do baralho em mágicas nas quais se requeira e recolocação das cartas no estojo, especialmente quando esta operação deve ser feita pelo espectador.

A menção do site do editor, gravado na parte inferior do estojo (shinlimmagic.com) foi criticada por outros revisores deste baralho. Segundo eles a menção de algo 'mágico' poderia levantar suspeita do público leigo; o baralho deveria ser mostrado mais 'neutro'. Entendo isto como uma característica que permeia todos esses novos baralhos mágicos, sempre edições de aparência que se afastam (mais ou menos) dos padrões normais de baralhos. O detalhe da menção ao site, no entanto, não acredito seja percebido em detalhe pelos espectadores. De qualquer forma, não há dúvida que estes baralhos, por seu desenho, decoração, estojo, edição limitada e preço, terminam por serem peças de coleção, eventualmente usadas em apresentações reais, quando se queira impressionar o público com um baralho 'especial'.

DORSO

Desenho com acabamento em relevo (embossed) no padrão em branco e dourado que dá 'personalidade' ao baralho. Sem dúvida, muito bonito!

Bordas brancas relativamente estreitas, exigindo certo cuidado quando se trabalha com cartas reversas.

ACABAMENTO SUPERFICIAL

Segue o atual padrão da Cartamundi que apresenta seus produtos especiais (principalmente aqueles destinados a mágicas) por "B9 Finish (True Linen)". Não há, no entanto, nenhuma identificação nos estojos, sendo informação fornecida pelo site do editor. Como já comentei, essas designações são muito mais comerciais que técnicas,

Essa característica tem sido uma das principais preocupações de fabricantes desta nova geração de baralhos. Embora seja, de fato, um aspecto importante para baralhos mágicos, não demandaria tanta preocupação, desde que os baralhos apresentem um deslizamento de boa qualidade, principalmente depois de utilizados durante certo tempo em ambiente úmido.

Neste caso específico mostram bom deslizamento, tendo que ser avaliado seu desempenho após utilização mais intensa e em ambientes com maior grau de umidade. Por outro lado não demonstram excessivo deslizamento, o que é bom, pois muitas vezes essa característica prejudica a utilização de um exemplar muito novo, por ter eventualmente cartas espalhadas, que fogem ao controle de quem as está segurando.

CORTE

Característica importante para aqueles que se utilizam de embaralhamento faroem suas apresentações. A prática deste tipo de embaralhamento é preferencialmente executada quando o baralho é cortado pelo chamado método 'tradicional'. Este se caracteriza quando a ferramenta de corte inicia o processo pelo dorso das cartas, pressionando-as para a frente. Desta forma cantos arredondados e com rebarbas são observados nas frentes das cartas, facilitando seu intercalamento durante cada embaralhamento.

Alguns editores de baralhos para mágicas têm se preocupado com este detalhe e produzem baralhos que atendem ao corte 'tradicional'.

A maneira prática de saber qual lado foi utilizado é segurar as cartas por um de seus lados (pelo dorso, por exemplo), para cima; separando-se as cartas para um dos lados passamos as pontas dos dedos sobre a superfície lateral das cartas: se encontramos a superfície bem macia significa que as cartas foram cortadas, neste caso, do dorso para a frente, ou seja foram cortadas com o dorso voltado para a ferramenta de corte; usando, portanto o corte tradicional. Ainda neste exemplo, se virarmos o maço com as frentes para cima e passarmos os dedos sobre a lateral sentiremos a superfície mais áspera, significando que este é o lado contrário ao corte.

Este teste aplicado ao baralho em análise nos leva a concluir que o REGALIA foi cortada do dorso para frente, seguindo a preferência dos que praticam o embaralhamento faro. Utiliza, portanto, o corte tradicional, um dos qualificativos a serem acrescentados à marca.

CONCLUSÃO

O REGALIA é, sem dúvida, um produto de qualidade. Promete estar logo esgotado no mercado, tornando-se item altamente colecionável. Portanto, adquira o seu assim que possa!

Coleções parece ser o destino principal do modelo, embora sua utilização 'operacional' em mágicas possa ser feita, dando certa 'classe' a quem os usa. Cuidados devem, no entanto, ser tomados em alguns detalhes como os que chamamos atenção anteriormente.

 CLÁUDIO DÉCOURT (RUBERDEC)  - SETEMBRO DE 2018

Cartamundi Shin Lim White Regalia

← Postagem anterior Postagem seguinte →



Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados